25 September 2018 - Bru Fioreti

Como parar de sofrer com comparação

Você se compara muito com as outras pessoas e se sente terrível depois? Isso é comum, ainda mais em tempos de vida perfeita nas redes sociais... Como ...

você vive se comparando com as outras

pessoas eventualmente sentindo uma absoluta merda por causa disso é difícil né a gente tem essa tendência se comparar é do ser humano mas muitas vezes pode estar sendo um grande grande sabotador na sua vida em desse vídeo queria te ajudar um pouco a tentasse comprar a menos vem comigo o grande lance da comparação é que faz com que a gente tenha emoções negativas né então quando me comparam me sinto pior do que a outra pessoa e isso acaba gerando uma sensação muito ruim muitas vezes provoca tal da inveja a muitas vezes não chega tem velhos e só se sente realmente muito mal com você mesmo e isso é tão ruim quanto e não adianta dizer nunca mais se compare se não deveria nunca fazer isso eu sei que na prática você vai acabar se comparando a gente acaba fazendo isso mas com minimizar essas sensações negativas que a gente sente é pela comparação é sobre isso que eu queria falar um pouquinho e o primeiro passo para isso é você observar uma coisa muito fundamental quando você se compara com alguém você nunca tem a total realidade da situação daquela pessoa

você não tem o big show então o grande lança da comparação é você saber que você sabe apenas uma parcela da vida dessa pessoa você não sabe sobre várias coisas e não sabe como essa pessoa se sente o que ela viveu um que até ela está vivendo neste momento mas você não está sabendo então antes de se comparar a peça o seguinte eu não sei toda a situação dessa pessoa outra coisa importante a comparação é você investigar o seu estado emocional só que você não está fragilizado o fragilizado você não tá vivendo um momento difícil porque você tá achando que as pessoas são tão melhores que você vale a pena você observar como você está se sentindo antes de se sentir tão ruim por causa do outro olhar para dentro sabe outra coisa que ajuda bastante a lidar melhor com comparação é você estudar que esses cases de sucesso por trás de todo o país o sucesso tem vários fracassos das pessoas que chegou longe geralmente elas levam vários não só que muitas vezes a gente não sabe porque é o primeiro tópico a gente muitas vezes não big picture da situação porém você pode

estudar case de pessoas que você admira e procurar saber por meio de entrevistas e de outras fontes o que é difícil já aconteceu com essas pessoas quais foram os desafios que ela superar e de repente nessa hora você vê que essas pessoas são apenas humanas e que elas também têm problemas e fragilidades e várias coisas que atrapalharam no caminho dela exatamente como você mas o antídoto para essa comparação que anda atrapalhando a vida meu bem é você monitorar os próprios resultados começa a olhar os seus resultados se você consegue traçar pequenos objetivos e olhar se você está conquistando ou não esses objetivos você começa a ter mais clareza do que tal não funcionando pra você e o primeiro passo para isso é você começar a traçar objetivos porque essa coisa grande a gente pode ser objetivos o seu dia coisas pequenas o que eu chamo de micro metas se você tem essas metas pequenas e começa a realizar um pouco mais você tem a chance de realizando se sentir melhor então só nisso você já aumenta a sua alta eficácia ou seja você aumenta a sua crença na sua capacidade de realizar você fica um pouquinho mais confiante

nem que seja um pouquinho assim e isso já ajuda você a enxergar as coisas com mais clareza e além disso você pode começar a monitorar os resultados é que é legal quando traça um objetivo e faço isso eu tenho esse resultado e você começa a olhar pra dentro e claro que isso nos leva ao próximo ponto que é o fato de você precisa ter você mesmo como referência o grande erro da cooperação ea gente se comparar com o outro na verdade a gente deveria comparar com a gente mesmo afinal de contas você evoluiu para chegar até aqui talvez tenha tido várias dificuldades vários desafios até aqui que ninguém sabe só você sabe ela tentou olhar para sua evolução em vez de ficar olhando a grama do vizinho que parece sempre mais verde embora muitas vezes não seja às vezes é uma grama mentirosa às vezes aquilo nem está acontecendo da maneira como você está chegando o caso do seu estado emocional então vale muito a pena tentar olhar para a própria história onde estava antes mas foram os desafios e superou até hoje para você chegar um detalhe de repente está fazendo um ótimo trabalho

está evoluindo e não tão lindo é isso tá olhando programa do mesmo uma técnica que a gente usa muito no coaching é o tal do levantador ao tentar fazer uma lista de qualidades que você tenha uma lista de elogios que já recebeu a lista de coisas boas sobre você só o ato de sentar e escrever pega lá o seu caderno de você escreve uma lista de tudo que você tem de bom se pode fazer isso com uma frequência imensa não tem nada de errado nisso pelo contrário você começa a tomar consciência de todas as conquistas que você fez até hoje das suas habilidades dos seus talentos e tem coisa boa tenho certeza absoluta se você traz isso à tona você começa a reconhecer mais o que você tem de bom e aí a comparação não fica mais tão necessária tão premente tão forte na sua vida e por fim já disse isso várias vezes tenta dar uma olhada com as pessoas que você anda com vivendo muitas vezes a gente acaba convivendo por inércia com várias pessoas que não fazem bem para a gente então se você puder de restringir o contato há pessoas que não fazem bem por alguma razão pessoas com as quais você se compara de uma maneira

negativa rede social muitas vezes provoca isso a gente tenta restringir silence alguns perfis ali pra você não se sentir tão mal até que você consiga o que fortalecer a sua cabeça fortalecer as suas emoções fortalecer sua capacidade de lidar bem consigo mesmo e com os outros da sua inteligência emocional e conteúdo se sentindo melhor com tudo isso tudo vai fluir melhor pra você você vai conseguir se comparar - ou quando você comparar para a olhar pela calma eu não deveria me senti tão mal assim eu espero que esse vídeo de ajuda pelo menos um pouquinho assim acolher um pouco mais ea olhar um pouco menos porque os outros estão fazendo porque o seu parâmetro é você o meu parâmetro sou eu vamos seguir assim que é muito mais esperto muito mais objetivo e muito mais feliz que eu te peço que me curta que deixa seu comentário adoro quando vocês deixam os comentários podem se inscrever também acompanhar nas redes sociais autores a grana no facebook também tem um blog no uol tem dog no meu site além dos meus cursos online espero encontrar por aqui na próxima terça feira tá bom muitos beijos

[Música]

XML Transcript: